São Luís, Maranhão

A natureza foi generosa com São Luís, a capital do Maranhão. Cercada por praias paradisíacas e próxima aos famosos lençóis maranhenses, a cidade tem um cenário encantador. Mas não são apenas os atributos naturais que fazem de São Luís um destino sem comparações.

A cidade foi fundada pelos franceses no século XVII e logo recebeu os imigrantes portugueses que dariam a ela o charme que possui hoje. São Luís é um verdadeiro museu ao ar livre, com casas em estilo português e uma cultura forte, preservada com maestria pelos seus moradores. O Centro Histórico é uma das mais belas atrações da região, com mais de 3 mil casas de época tombadas pelo patrimônio histórico. A maioria das construções data dos séculos XVIII e XIX e várias delas hoje abrigam museus, restaurantes, lojas, entre outros.

Os visitantes ainda podem ver de perto as danças, música e teatros do Bumba-Meu-Boi, uma tradição que é a cara de São Luís, ou aproveitar o mar ao som do reggae, ritmo característico dessa cidade, apelidada de Jamaica Brasileira.

História e tradição se misturam à modernidade da região mais nova de São Luís, ligada à cidade histórica pela ponte José Sarney, que atravessa o Rio do Anil. Shoppings e modernas construções ficam lado a lado das praias urbanas mais famosas da cidade, como Olho D’Água e Calhau.

Atrações em São Luís

  1. Centro Histórico no bairro Praia Grande é parada mais do que obrigatória em São Luís. A dica é caminhar sem pressa pelas ruas, entre as construções com influências francesas, belgas, alemãs e, especialmente, portuguesas. Os belos azulejos azuis das construções portuguesas cumpriam uma função interessante na época: amenizar o calor da região refletindo a luz.
ajulejos

Os tradicionais azulejos marcam as fachadas de São Luís. Foto: UnB Agência/Flickr

Não deixe de visitar a Casa de Maranhão, museu folclórico abrigado no antigo Prédio da Alfândega, construído em 1873. O destaque é para as peças usadas no Bumba-Meu-Boi. O museu Casa de Nhozinho está localizado em um dos mais belos prédios da cidade e leva o nome do artesão maranhense que colecionava brinquedos e peças folclóricas, muitos deles expostos no local. O local também abriga itens históricos e típicos de São Luís.

  1. Museu Histórico e Artístico do Maranhão, uma construção de 1836, expõe peças das famílias mais ricas que habitaram São Luís nos séculos passados. O Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, ou Casa da Festa, reúne peças usadas em festas populares, como a Festa do Divino, autos de Natal e Carnaval.
  2. Centro Histórico Solar dos Vasconcelos mostra fotos que retratam a história do Centro Histórico e o Museu de Arte Sacra reúne obras do século XIX de vários estilos, do barroco ao neoclássico.
  3. Museu de Artes Visuais oferece uma bela exposição de azulejos e um mirante com uma das melhores vistas da cidade. E o Cafua das Mercês abriga o Museu do Negro, com peças tipicamente africanas.

Ainda vale uma visita o Convento das Mercês, que abriga um centro cultural, e o Palácio dos Leões, de 1612, que dispõe de uma rica coleção de móveis, obras de arte e gravuras dos séculos XVIII e XIX.

palacio-dos-leoes

Palácio dos Leões / Divulgação

Reserve um momento para visitar o Teatro Arthur Azevedo, o segundo mais antigo do Brasil, o Beco Catarina Mina, uma escadaria que leva o nome de uma escrava que comprou sua alforria, e a Fonte do Ribeirão, com belas esculturas.

Não deixe também de visitar as igrejas Matriz da Sé, de 1699, a Igreja do Carmo, de 1627, e a Igreja do Desterro, erguida no mesmo local em que foi construída a primeira capela de São Luís.

As praias não podem ficar de fora dos roteiros. Com pontos de mergulho e praias urbanas, elas atendem a todos os gostos. A Calhau possui águas calmas e dunas e está repleta de quiosques e restaurantes de ótima qualidade. A Olho D’Água é movimentada e também repleta de restaurantes, atraindo grande parte dos visitantes e praticantes de esportes como a vela. A praia Araçagi está a 19 km do centro. Automóveis estacionam na areia, próximos ás barracas que servem pratos típicos da região.

Quem quer uma praia perto do centro pode visitar a Ponta D’Areia, uma das mais movimentadas da cidade, com várias opções de restaurantes e bares, onde o reggae rola solto. Já São Marcos é a queridinha dos surfistas e garante o agito durante o dia e à noite, com diversos bares. As ruínas do Forte São Marcos, do século XVIII, dominam a paisagem.

Em sua visita, não deixe de aproveitar para conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O local está a 260 km de São Luís e a melhor forma de conhecê-lo é com o auxílio de agências de viagens, uma vez que o terreno exige conhecimento e automóveis apropriados. A paisagem é inesquecível: altas dunas são cercadas por lagos em tons de verde e azul, com águas translúcidas.

lencoes-ma

Os lençóis maranhenses formam uma das mais belas paisagens do país. Foto: Miradas.com.br/Flickr

Gastronomia e Cultura

Se você visita a cidade nos meses de junho e julho, não deixe de participar das manifestações do Bumba-Meu-Boi. A cidade toda é tomada por apresentações musicais, de dança e teatro, apresentadas por grupos de todo o estado. Os ritmos são empolgantes e variados, da percussão da Matraca aos instrumentos de sopro da Orquestra. A festa começa com o batismo do boi no dia 13 de junho e tem seu auge no São João, do dia 23 para o dia 24 de junho. Em julho, as apresentações se concentram no Convento das Mercês. Em abril e maio acontecem os ensaios da festa, que também valem a visita se você visita a cidade nesses meses.

O reggae é uma das marcas registradas da cidade, por isso a dica é deixa-lo embalar a sua viagem. A música está por toda parte, mas os locais mais tradicionais estão na praia Ponta D’Areia, na Calhau e no Centro Histórico, nos bares e restaurantes, muitos deles com música ao vivo.

Entre esses estabelecimentos estão os mais procurados pelos turistas que buscam os deliciosos pratos da culinária local. Com uma mistura de receitas indígenas, portuguesas e africanas, a cozinha de São Luís é a cara do Brasil. Não deixe de pedir pelos frutos do mar e o arroz-de-cuxá, feito de verdura, camarões, gergelim e farinha de mandioca. Alguns dos estabelecimentos mais conhecidos são o Armazém da EstrelaAntigamenteMaracangalha e Cabana do Sol.

Outro local interessante é a Casa das Tulhas, que vende alimentos típicos como a castanha de caju, cachaça, mandioca e doces diversos, tudo em uma linda construção datada de 1820.

Compras

O destaque é para o artesanato local, que pode ser encontrado no Centro de Artesanato, na Praia Grande e no Centro Histórico. São bijuterias, roupas, chapéus, peças relacionadas ao Bumba-Meu-Boi e azulejos pintados a mão, entre várias outras opções.

festa-junina-bumba-meu-boi

Os trajes coloridos e a alegria do Bumba-Meu-Boi contagiam os visitantes. Foto: voadeiras/Flickr

Conteúdo extraído do site: MalaPronta.com.br

img-conheca

fones-rodape-2

Endereço: Av. dos Holandeses, Ed. Century, Sala 1401
São Marcos, São Luís, MA. CEP: 65075 650